Noticias

Noticias

MC Kevin: modelo descreve encontro com sexo, drogas e fuga para a varanda após amigo avisar que ‘estão vindo aí’

 

Foto: reprodução

A modelo fitness Bianca Dominguez, que estava no quarto 502 de um hotel na orla da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, quando o cantor Kevin Nascimento Bueno, o MC Kevin, caiu da varanda, descreveu em detalhes as seis horas que passou na companhia do funkeiro no último domingo, dia 16. Os dois se conheceram nas areias da praia, beberam gim e uísque, fumaram cigarros de maconha em um quiosque na altura do Posto 7 e subiram para ter relações sexuais com um dos amigos do artista, o também MC Victor Elias Fontenelle.

Bianca relatou que, por volta de 17h20m, ao entrar na suíte com Victor, foi informada que Kevin chegaria cinco minutos depois com seus seguranças porque sua mulher, a advogada Deolane Bezerra, também estava hospedada no hotel, mas em outro apartamento. A modelo então foi tomar banho e, ao sair, pediu um espumante e já encontrou o funkeiro no quarto. Eles começaram a se beijar e, como Victor permanecia na suíte, ela disse que o que fora combinado era de ficar somente com ele.

Thank you for watching

Segundo Bianca, Kevin então lhe oferecera mil reais, que seria o “presentinho” prometido por ele na praia. Ela reclamou argumentando que cobraria esse valor por cada um dos amigos. Os dois aceitaram, disseram que fariam a transferência quando “terminassem” e iniciaram “o ato sexual”, porém sem penetração porque não tinham preservativos.

Ainda de acordo com o depoimento, depois de sair do quarto, Jhonatas retornou e afirmou: “Estão vindo aí, vai moio”. Kevin teria reclamado pois, apesar de estar pagando, não teria transado com Bianca. Ele então teria ido até a varanda e a chamado: “Vem para cá, bebê, quero ficar com você.” A modelo então saiu da cama e foi até ele.

Naquele momento, Bianca relatou que MC Kevin estava no parapeito. Ao desviar o olhar e depois voltá-lo para o cantor, a modelo disse que ele já estava “passando a perna sobre o parapeito da sacada” e, já do lado de fora, foi descendo e ficou com as mãos apoiadas na “parte mais baixa do parapeito”. Em seguida, ela viu o rapaz fazendo um movimento para “dar impulso” com braços, cabeça e parte do tronco. A moça diz ter tudo foi questão de “pouquíssimos segundos” e que ficou sem reação. Logo depois, o funkeiro caiu e, aos gritos, Bianca pediu que Victor chamasse uma ambulância.

No depoimento, Bianca destacou que teve a impressão de que Kevin fez tal movimento tentando acessar o andar de baixo, porém sua mão se soltou e ele caiu. Indagada se, na hora em que ele estava no parapeito, alguém falou algo sobre a chegada de Deolane ou bateu na porta, a modelo negou.

Além da modelo, do funkeiro e da advogada, pelo menos outras cinco pessoas, entre amigos e homens que trabalham na equipe da produção de shows do artista, foram ouvidos na delegacia.

Algumas das testemunhas citaram que Kevin ingeriu outras drogas e bebida alcoólica durante o fim de semana. Um exame toxicológico no corpo do artista foi solicitado a profissionais do Instituto Médico-Legal (IML). Na madrugada de domingo, ele se apresentou em uma boate na Zona Norte da cidade e depois foi a uma festa na casa de outro cantor. Uma perícia também foi feita pelo Instituto Carlos Éboli no hotel. 

Fonte: Extra

Tecnologia do Blogger.