Noticias

Noticias

Álcool pode reduzir efetividade da vacina para coronavírus, dizem especialistas

 

Foto : Divulgação/Pfizer

Para quem está planejando “tomar umas” para comemorar após voltar do posto de saúde vacinado contra covid-19, eis uma notícia desanimadora: o álcool pode reduzir os efeitos dos imunizantes.

Ao menos é o que garantem especialistas britânicos ouvidos em um documentário produzido pela BBC. Para eles, a bebedeira pode causar mudanças no sistema imunológico.

Os cientistas descobriram que três doses de vinho são capazes de reduzir pela metade a quantidade de linfócitos – cruciais para a criação de anticorpos.

“Você precisa ter seu sistema imune trabalhando no auge para ter uma boa resposta à vacina. Então, se você estiver bebendo na noite anterior ou logo após tomar a dose, isso vai atrapalhar”, disse a professora Sheena Cruickshank, na Universidade de Manchester.

Sheena alertou as pessoas para, por precaução, evitar beber nos dias seguintes à vacina. Já na Rússia, a recomendação foi ainda mais drástica: dois meses sem vodka (e outras bebidas alcóolicas) após ser vacinado.

Fonte: BNews

Tecnologia do Blogger.