Noticias

Noticias

PM morta pelo ex-marido na Bahia ganha milhares de seguidores no Instagram após assassinato

 

Crédito da Foto: arquivo pessoal/Instagram

A conta no Instagram da policial militar Rafaella Gonçalves, assassinada pelo ex-marido, ganhou pouco mais de 23 mil seguidores em três dias, desde a segunda-feira (5/10), data em que o chocante crime aconteceu no município de Ibotirama, a 655 km de Salvador. 

A soldado, que mostrava sua rotina de trabalho e também aparecia em outras atividades, era acompanhada na rede social por mais de 67 mil contas antes de o assassinato ser registrado. Nesta quinta, o número ultrapassava os 90 mil. 

Nos comentários dos arquivos publicados por Rafaella, mulheres deixaram mensagens. "Sua missão de inspirar várias e várias mulheres foi cumprida!! Não nos calaremos", frisou uma seguidora. "Não há o que falar sobre essa tragédia, mas há o que fazer para que não aconteça com outras mulheres. A PMBA precisa observar os seus policiais, porque com certeza ele já dava sinais de que estava desequilibrado", disse outra. 

"Ele", citado no comentário, é o acusado do crime, o ex-marido da soldado e também PM Edson Salvador Ferreira de Carvalho, 33 anos, lotado na Companhia Independente de Policiamento Especializado (CIPE/Cerrado). Ele estava forçando uma reaproximação com a vítima. 

A Polícia Civil acredita que houve uma discussão antes de Rafaella ser alvejada duas vezes, morrendo dentro de casa. Edson cometeu suicídio em seguida. Vizinhos ouviram os tiros e retiraram as filhas do casal de dentro do imóvel, sem ferimentos. Ainda não se sabe se as meninas chegaram a testemunhar o crime. O corpo de Rafaella foi enterrado na terça-feira (6/10) no município de Bom Jesus da Lapa. 

Fonte: AratuOn

Tecnologia do Blogger.