Noticias

Noticias

São Paulo define que 20% dos alunos devem voltar a estudar primeiro; "isso já é uma decisão"

Crédito da Foto: divulgação/Correios
O Estado de São Paulo divulgou nesta sexta-feira (5/6) como será feita a volta às aulas. O secretário executivo da Secretaria da Educação , Haroldo Rocha, disse que apenas parte dos alunos voltará em um primeiro momento. “A ideia é que a gente volte com 20% [de presença] dos alunos no primeiro momento; no segundo momento, com 50% dos alunos; e, na fase final, com 100% dos alunos. Isso já é uma decisão”, detalhou o secretário, segundo a Agência Brasil.
Apesar do direcionamento, não há previsão para que as escolas voltem a funcionar no Estado. As aulas presenciais pararam de acontecer no último dia 23 de março, como medida de controle à propagação do novo coronavírus. O retorno “depende da evolução da pandemia e da orientação científica da saúde”, disse Rocha.
São Paulo tem aproximadamente 13 milhões de estudantes. A equipe do governador João Dória irá discutir se vai seguir orientação do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), com a volta dos mais velhos primeiro, ou se optará pelos alunos mais novos. Outra questão que está sendo estudada pela secretaria diz respeito aos professores que estão na faixa de risco para o coronavírus.
Fonte: AratuOn
Tecnologia do Blogger.