Noticias

Noticias

Candeias: Fundação Doutor Jesus registra 25 casos de Covid-19; Isidório pede ajuda ao governo

Foto: Reprodução/Google Maps
A Fundação Doutor Jesus, em Candeias, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), registrou 25 casos do novo coronavírus entre os internos. A entidade, idealizada e administrada pelo deputado federal da Bahia, Pastor Sargento Isidório (Avante), acolhe dependentes químicos e chega a ter cerca de 1,3 mil internos. Atualmente conta com 800 pessoas em tratamento.
Conforme informado pelo próprio parlamentar ao BN, mais de 100 testes rápidos foram realizados no local nesta terça-feira (9), sob supervisão da Secretaria da Saúde de Candeias. Dados do último boletim da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) informam que a cidade da RMS contabiliza 290 casos e quatro mortes pela Covid-19.
Os internos com diagnóstico positivo são mantidos em isolamento. Assim como aqueles que, mesmo sem teste, apresentem algum sintoma. Até o momento nenhum deles apresentou quadro grave da doença.
A pandemia implicou em mudanças na estrutura e no modus operandi da Fundação. Isidório conta que desde o início dos casos na Bahia não tem recebido muitos internos, tanto que o local está longe da capacidade total de 1,3 mil. Ainda assim, os que chegam à Fundação ficam em quarentena por 15 dias, antes de serem liberados para as áreas comuns. O parlamentar destacou que os que aparecem na Fundação, ele “não tem como mandar embora, porque podem estar infectados e aí infectaria a Bahia inteira”. Isso porque mesmo com a localização em Candeias, a Fundação Doutor Jesus recebe dependentes químicos de todo o estado da Bahia. “Se eu liberar infectados estou sendo criminoso”, argumentou o pastor.
O deputado federal também informou que solicitou ajuda do governo estadual para construção de duas estruturas de campanha para acolher infectados. “Estamos construindo dois galpões, pedi ajuda do estado, mandei ofício pedindo aquela pistola que mede temperatura, porque a gente está tentando comprar e não consegue. Serão dois galpões de campanha, para fazer o máximo de isolamento, a quarentena, e esse pessoal que está infectado a gente colocar um refeitório próprio, banheiro, lavatório de mãos, para tentar ver se isso aqui não dá um problema”, explicou Sargento Isidório.
A Fundação Doutor Jesus também é a casa do deputado federal e da família. Isidório afirmou que fez teste e o resultado foi negativo, enquanto o filho, o deputado estadual João isidório (Avante), foi submetido a um exame RT-PCR e aguarda o resultado em isolamento. 
Fonte: BN
Tecnologia do Blogger.