Noticias

Noticias

Itaetê recebe 1.448.981,51 para combate e prevenção ao Covid-19 e moradores reclamam por não ter equipamentos na barreira sanitária

Aprovado neste sábado (02/05) a Prefeitura Municipal de Itaetê, recebeu 1.448.981,51 do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (PLP 39/2020) prestará auxílio financeiro a estados e municípios.

A Prefeitura através do decreto 18 e 19/2020  prorrogou até o dia 15 de maio de 2020, como ação necessária ao enfrentamento da pandemia da COVID-19 (Novo Corona vírus), no Município de Itaetê, as medidas instituídas pelos Decretos n.º 18/2020 e 19/2020.

De acordo com alguns moradores o prefeito Valdes Brito proibiu a passagem de pessoas que precisam fazer o uso da BA que cruza o município. 


Mesmo recebendo mais de 1 milhão de reais, a cidade de Itaetê não possui o termômetro infravermelho descrito, recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) que possui sensores que atuam por meio da detecção pela testa. Em uma consulta na internet é possível constatar que o aparelho custa entre R$ 150 e R$ 500.

Segunda informações do vigia conhecido como "João da Rua Nova" ressaltou que o município está precisando de termômetro nas barreiras sanitárias, além de fazer mais investimentos e por conta não ter termômetro na cidade não tava liberando nenhum acesso, pois recebia ordem de Hélio, segurança do Prefeito.

De acordo com o art. 5XVCF, direito de ir e vir - liberdade de locomoção. Este direito encontra-se acolhido no art. 5, XV, CF, no qual menciona ser livre a locomoção no território nacional em tempo de paz, podendo qualquer pessoa, nos termos da lei, nele entrar, permanecer ou dele sair com seus bens.

"O Prefeito recebeu mais de 1 milhão de reais e não to vendo quase nada ser feito na cidade, Graças a Deus ainda não tem casos suspeitos e confirmados na cidade a equipe de saúde está de Parabéns, mas o prefeito deixa muito a desejar, quero saber onde foi parar esse dinheiro, questionou uma moradora que não quis se identificar.

Até o fechamento da matéria o Prefeito Valdes Brito não se pronunciou para explicar a população, onde e como esse dinheiro será investido.
Tecnologia do Blogger.