Noticias

Noticias

Atendimento na Caixa começa a ser organizado pela Prefeitura


A Prefeitura de Itaberaba, através da Secretaria Municipal de Administração, Modernização e Informação (Secad), assumiu a responsabilidade de orientar e organizar as filas no ambiente externo da agência da Caixa Econômica Federal (CEF) no município. A partir de agora, os atendimentos relativos ao pagamento do Auxílio Emergencial do Governo Federal, por conta da pandemia do novo coronavírus (COVID-19), vão ser realizados por hora marcada através da distribuição antecipada de senhas.
O processo, que iniciou na última quinta-feira (30) e se repetiu no sábado (2) como piloto, começa pra valer a partir desta segunda-feira (4) em três turnos diários, envolvendo 45 profissionais. As senhas com hora marcada começam a ser entregues ao público a partir das 5h. No total, vão ser distribuídas 50 senhas por hora, para o atendimento nos caixas eletrônicos. Já para o atendimento interno, vão 30 senhas por hora, sendo 5 delas para o atendimento prioritário.
Por conta dos atendimentos relacionados ao Auxílio Emergencial, a agência da CEF vai estar funcionando, diariamente, das 8h às 14h para o atendimento interno. Para isso, vão ser disponibilizadas cerca de 200 senhas diárias. Já o atendimento nos caixas eletrônicos acontecem das 7h às 22h, com a distribuição de 750 senhas diárias. Acredita-se que, por conta do pagamento do Auxílio, a agência de Itaberaba teve um aumento de cerca de 35% no fluxo de pessoas atendidas. Em todo o país, o problema tem aumentado a cada dia.
Em Itaberaba, a Secad orienta que as pessoas busquem retirar sua senha de atendimento com antecedência mínima de 3h, para o atendimento em caixa eletrônico, e de 24h, para o atendimento interno na agência. No local foram instalados toldos, no entanto, a Secad recomenda que as pessoas levem guarda-chuvas e obedeçam as marcações feitas para garantir o distanciamento seguro, conforme preconizado pelas autoridades sanitárias. Além disso, os atendimentos só vão ser realizados para as pessoas que estiverem com máscara de proteção.
“As pessoas vão receber a sua senha com hora marcada. Caso o período de espera seja maior que 1 hora, a gente recomenda que não fique no local, voltando apenas na hora marcada ou que procure um local seguro, evitando aglomerações e situações de risco. Nós sabemos que os toldos montados podem não dar conta do número de pessoas aguardando o atendimento, por isso pedimos, a quem puder, levar um guarda-chuva para se proteger do sol ou da chuva”, disse secretário Zé Francisco (Secad).
Fonte: ASCOM
Tecnologia do Blogger.