Noticias

Noticias

Itaberaba institui turno extra em Unidades de Saúde da Família


Trabalhando intensamente para ampliar a rede de combate preventivo ao novo coronavírus (COVID-19), a Prefeitura de Itaberaba, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), está ampliando a cobertura de saúde nas Unidades de Saúde da Família (USFs) do Centro, do Barro Vermelho e do Conjunto Vida Nova Itaberaba (Predinhos), com a criação do 3º Turno de atendimento — das 18h às 22h — para pacientes com sintomas leves de gripe.
As USFs do Centro e do Barro Vermelho já começaram a realizar os atendimentos nesta terça-feira (14) e, até a próxima sexta-feira (17), a USF Alberto Casali, no Conjunto Vida Nova Itaberaba, também começa a atender. As Unidades vão contar com médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, além de equipe de apoio como estratégia de ampliar o acesso aos serviços de saúde para toda população. A princípio, a ação nessas 3 USFs deve se estender até o mês de setembro.
Segundo a Sesau, a escolha dessas Unidades se deu por critérios técnicos relacionados com a localização estratégica de cada uma em relação à população referenciada através do Sistema Único de Saúde (SUS). Esse alto contingente acabava por sobrecarregar a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h com casos menos graves e que poderiam ser tratados nas USFs dos bairros.
“Nós definimos essas Unidades em razão do contingente populacional que elas atendem. As USFs do Barro Vermelho, do Centro e dos Predinhos têm o maior número de pessoas atendidas no município e respondem pela maioria das demandas que chegam à UPA 24h. Por isso, optamos por realizar o atendimento prévio dos casos menos graves diretamente nas USFs desse bairros”, explicou o secretário João Rodrigues Jr (Sesau).
Até o momento, Itaberaba não registrou nenhum caso confirmado para a COVID-19, o que mostra que as medidas preventivas adotadas pela gestão municipal — conforme orientações da Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab) e do Ministério da Saúde — têm surtido o efeito esperado de proteger a população. Por outro lado, a colaboração de todas as pessoas, no cumprimento das medidas restritivas, também tem sido de fundamental importância para que Itaberaba continue sem nenhum caso confirmado da doença até aqui.
Fonte: ASCOM
Tecnologia do Blogger.