Noticias

Noticias

Isolamento radical pode salvar 1 milhão de vidas no Brasil, aponta estudo


Um estudo feito por uma equipe de 30 cientistas do Imperial College de Londres apontou que adotar estratégias radicais no isolamento social para conter o novo coronavírus pode salvar mais de 1 milhão de vidas no Brasil. De acordo com informações do Gaúchazh Geral, o trabalho foi divulgado nesta quinta-feira, 26.
Foi calculado pelos especialistas o número de infectados, pacientes graves e mortos em cinco cenários de disseminação do vírus no Brasil. Com a ausência de medidas de isolamento social que reduzam a transmissão da Covid-19, o Brasil pode ter 1,15 milhão de mortes provocadas pela doença. Em um cenário de restrições mais drásticas e precoces, as mortes seriam de 44 mil.
Outro estudo feito pelos pesquisadores para os Estados Unidos e Reino Unido mostrou que o sistema público dos países entraria em colapso se não fossem adotadas medidas de restrição de circulação.
Fonte: ATarde
Tecnologia do Blogger.