Noticias

Noticias

Dois hospitais anunciam afastamento de 450 funcionários infectados por coronavírus

Foto: Flavio Lo Scalzo/Reuters/Direitos Reservados/ Ebc
Após testarem positivo para o Covid-19, 104 funcionários do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, foram afastados das atividades por 14 dias. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (30)
Segundo o hospital, esse total envolve desde médicos a pessoal da enfermagem, limpeza e auxiliares administrativos. A unidade informa ainda que adotou de forma proativa a medida de testar os profissionais que atuam na linha de frente do combate à doença e os que apresentaram sintomas.
Em nota, o Sírio Libanês afirma ainda que não há provas de que os profissionais foram infectados no hospital, pois a transmissão comunitária já é realidade no Brasil.
Também nesta segunda-feira o hospital Albert Einstein informou que 348, dos 15 mil profissionais, já testaram positivo para a doença e foram afastados. “Desses, 169 (1%) são da assistência(profissionais com formação em saúde, como médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem) e 36 deles já retornaram ao trabalho.”
Fonte: Varela Notícias
Tecnologia do Blogger.