Noticias

Noticias

Polícia muda versão e diz que identidade de mulher de Rennan da Penha usada em banco é falsa

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou na noite de ontem (31) que a identidade apresentada pela esteticista Lorenna Vieira, mulher do DJ Rennan da Penha, em uma agência bancária do Itaú, na última quinta (30), é falsa e que a digital encontrada na cédula não é da jovem. No início da tarde, a corporação afirmou que a 22ª DP (Penha) tinha constatado que o documento de identidade pertencia a Lorenna. 
No primeiro comunicado, emitido no fim da manhã de ontem, a Polícia Civil afirmou que Lorenna foi convidada a ir à delegacia para verificar a autenticidade do documento. “Após ela concordar, eles foram à unidade em viatura descaracterizada, onde foi constatado que o documento era verdadeiro e ela foi liberada”, diz o texto. 
No entanto, a segunda versão afirma que o documento era falso. “Nas consultas preliminares, os dados de nome, filiação, data de nascimento e numeração da identidade apresentada pela jovem batiam com os dados do sistema. Entretanto, após resultado de laudos periciais do ICCE e IIFP foi possível constatar que o documento era falso e que a digital encontrada na cédula não pertence a jovem. Além disso, informações colhidas junto ao DETRAN confirmaram que a cédula de identidade não foi emitida oficialmente pelo órgão e a fotografia existente no documento questionado não corresponde à existente nos bancos de dados oficiais”, diz a nota.
(Metro1)
Tecnologia do Blogger.