Noticias

Noticias

Doria recua e diz que Polícia Militar irá rever protocolos

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), recuou e disse que a Polícia Militar do estado já foi orientada a “rever protocolos”, ao comentar nesta quinta-feira (5) a morte de nove jovens pisoteados em um baile funk em Paraisópolis, durante ação da corporação.
Na última segunda-feira (2), o tucano havia declarado que a política de segurança pública não mudaria.
“A polícia já foi orientada para rever protocolos e inibir, se não acabar, qualquer tipo de abuso que possa ocorrer. É inaceitável que a melhor polícia do Brasil use de força desproporcional e desnecessária, sobretudo quando não há reação dos cidadãos. Eu mesmo fiquei muito chocado quando vi as imagens do vídeo de outubro, em que um PM agride desnecessariamente jovens saindo de um local fechado”, afirmou o governador,
Na quarta-feira (4), Doria sete mães de vítimas, dois líderes comunitários de Paraisópolis e representantes da Defensoria Pública e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), segundo O Globo.
Tecnologia do Blogger.