Noticias

Noticias

Wesley de moura dá preciosas dicas pra você que pretende se tornar um Empresário no mundo da bola

Os empresários também são conhecidos como agentes e procuradores e defendem os interesses do jogador. São os intermediários para a transferência de um atleta e passaram a ser os maiores beneficiados com a venda de jogadores, passando, inclusive, por cima dos interesses do atleta do clube e da Lei Pelé. Os empresários vivem de comissões, que podem chegar a 5% sobre possíveis transferências e faturam com a venda milionária de cada jogador que representam.

Praticamente todos os jogadores de futebol possuem um empresário. Por contrato, eles têm direito a uma parte dos lucros dos atletas e participação nas negociações dos atletas que eçes representam. Após se habilitarem na FIFA (Federação Internacional de Futebol), eles abrem um escritório e começam o trabalho de boca a boca para atrair atletas. Uma forma de acelerar o processo são as amizades com dirigentes e um eficiente trabalho de divulgação. A CBF abre concurso para novos agentes e mantém em seu site os nomes de empresários oficiais.

O jogador somente pode assinar contrato de vínculo com um clube a partir dos 16 anos. Muitas pessoas se apresentam a pequenos jogadores com propostas irrecusáveis e ofertas de dinheiro. O atleta deve ficar atento apenas no custo oferecido pelo clube.
Tecnologia do Blogger.