Noticias

Noticias

Vasco não será penalizado por homofobia em estádio

Os procuradores do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu que não vai indiciar o Vasco pelos cantos homofóbicos ocorrido no estádio no último domingo (25), durante jogo contra o São Paulo. Um procedimento preliminar, contudo, deverá ser aberto.
No entendimento dos procuradores, o clube agiu imediatamente para cessar a manifestação preconceituosa, com avisos no alto-falante e no placar eletrônico de São Januário. O procedimento será para que mais esclarecimentos das ações.
Em nota oficial, o Vasco da Gama disse repudiar “a manifestação de caráter homofóbico por parte de alguns de seus torcedores”. O clube lembrou ainda que “o combate a este tipo de postura não deve ser motivado pelo receio de punição desportiva (eventual perda de pontos), mas, sim, por uma questão de cidadania, respeito ao próximo e cumprimento da lei”.
A nota ainda destaca que o Vasco é a “casa de todos” e que vai promover ações educativas, contribuindo no processo de conscientização para “que atos de preconceito fiquem no passado”.
Tecnologia do Blogger.