Noticias

Noticias

Menina de 6 anos morre por suspeita de estupro e pai pede para ser preso

A garotinha Mel Rhayane Ribeiro de Jesus, de apenas seis anos, foi socorrida para o Hospital Naval Marcílio Dias, no Rio de Janeiro, mas já chegou na unidade médica sem vida. O caso aconteceu na sexta-feira (02/08). Ela apresentava várias marcas de correntes, feridas pelo corpo, exposição do ânus (sinal de abuso sexual) e estava com a orelha cortada, além de sinais de desnutrição e hematomas. Ela foi levada pelo pai e pela madrasta.
O homem, inclusive, pediu para ser preso pela morte da própria filha, pois temia ser linchado por cerca de quinze pessoas que o aguardavam do lado de fora do hospital. Equipes da Polícia Militar foram acionadas e conduziram o pai da vítima à Delegacia de Homicídios (DH). Em nota, a Polícia Civil informou que “diligências estão sendo realizadas em busca de informações que possam ajudar esclarecer o fato e parentes estão sendo ouvidos na especializada. As investigações estão em andamento”.
O pai afirmou que Mel estava de castigo depois de receber “um corretivo”, quando ela parou de respirar. Em outra versão, o suspeito disse que a criança morreu por ter batido a cabeça. A menina vivia há 6 meses com o pai e a madrasta. O pai informou ainda que a mãe havia perdido a guarda da criança por denúncias de que a menina sofria abusos sexuais.
Tecnologia do Blogger.