Noticias

Noticias

Suspeito de ter matado Iaçuense grávida de dois meses continua desaparecido

O namorado da adolescente Iris Ferreira da Silva, de 15, que foi encontrada morta com um tiro na cabeça, no domingo (27), ainda não se apresentou a Polícia. A informação é da delegada responsável pelo caso, Paula Ribeiro Oruê, da Delegacia da Mulher de Dourados. De acordo com o Dourados News, a família disse que a adolescente estava grávida de dois meses, e que os dois teriam brigado por causa de conversa no Whatsapp. O namorado foi identificado como sendo José, de 19 anos. Familiares relataram ainda à polícia, que o rapaz foi visto deixando o local em seu carro modelo Astra com uma arma nas mãos. A Polícia Civil destacou que o caso foi registrado como morte a esclarecer. A delegada afirmou que ainda não é possível apontar se ocorreu suicídio ou um crime de assassinato. Neste ponto, ela destaca que "são necessários esclarecimentos do fato pelo rapaz". Desde a data da morte da jovem, José está "desaparecido". A delegada afirmou que os levantamentos feitos pela perícia no local seguem sendo analisados. A adolescente, o namorado e familiares estariam em Dourados há cerca de três meses, eles teriam vindo da cidade de Iaçu na Bahia para vender redes na região.
Tecnologia do Blogger.