Entretenimento

Entretenimento

Com avanço de variante, comitê da Ufba recomenda máscara em ambientes fechados

Documento divulgado pela instituição faz análise da situação da pandemia no Brasil e na Bahia.

quinta-feira

/ by Iaçu Noticias

 

Foto: Reprodução/ TV Bahia



O Comitê de Assessoramento da Covid-19 na Universidade Federal da Bahia (Ufba) emitiu um comunicado no qual recomenda o uso de máscaras em ambientes fechados da instituição. No documento divulgado nesta quarta-feira (16), o comitê faz uma análise do avanço da variante BQ.1 e derivada da Ômicron, em todo país. "Supõe-se que haverá crescimento da circulação viral nas próximas semanas ou meses, substituindo os tipos que predominam, como já ocorreu anteriormente", diz o início do documento, sobre a circulação da variante no Brasil e em outros países.

O comitê pontua, no entanto, que a situação da covid na Bahia e em Salvador apresenta estabilidade em semanas recentes, mas que houve um aumento no número de pessoas internadas em leitos de UTI covid. O comitê ressalta a necessidade de manter o ciclo de vacinação em dia e manter as medidas farmacológicas. "Persiste como igualmente importante a higienização frequente das mãos com água e sabão ou álcool gel 70%, limpeza e desinfecção de equipamentos e ambientes, e a realização de atividades presenciais em locais com ventilação natural.

É fundamental manter o uso de máscara de proteção facial para realização de atividades presenciais em espaços fechados e/ou quando houver aglomeração, assim como as pessoas com 60 anos e mais ou com comorbidade, imunossuprimidos e gestantes devem usar continuamente esta proteção. É necessário ter atenção às medidas protetivas na utilização de transporte coletivo e viagens", diz o documento. Por fim, a instituição recomenda que as pessoas que apresentem sintomas gripais fiquem afastadas de atividades presenciais e busquem orientação do serviço de saúde


Fonte: Metro1

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© OBRIGADO PELA SUA VISITA!! VOLTE SEMPRE!!
Designer: Silvoney Santos