Entretenimento

Entretenimento

Previsão do tempo: frente fria traz chuva forte para quase todo o estado

Em Salvador, a chuva deve cair com mais força na quarta-feira (26), enquanto Barreiras, na região oeste, poderá ter grande volume já nesta segunda (24

segunda-feira

/ by Iaçu Noticias

 

Foto: Reprodução

Após um fim de semana de sol forte , Salvador amanheceu com céu carregado nesta segunda-feira (24). A chegada de uma frente fria oriunda da região sudoeste causa chuva forte na capital e em praticamente todas as regiões da Bahia, até quarta-feira (26), pelo menos. As informações são do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet)

Thank you for watching

Na capital, a probabilidade de chuva é de 40% nesta segunda, e aumenta para 90% na terça (25) e 100% na quarta (26), quando a cidade poderá ter raios e trovões. A Defesa Civil de Salvador (Codesal) emitiu alerta e pediu cuidado redobrado à população nas próximas horas. Em alguns trechos, já choveu no início desta segunda.

O Inmet também emitiu alerta de perigo potencial para boa parte do território baiano. No domingo (23), foi registrada chuva fraca a moderada em Ilhéus, no sul do estado, e em Lençóis, na Chapada Diamantina. A expectativa é de que outras cidades de ambas as regiões tenham maior volume nesta segunda-feira, como Itabuna e Palmeiras, respectivamente.

Além disso, também é esperada chuva forte em Barreiras, no oeste do estado, que amanheceu nesta segunda com o céu carregado de nuvens densas. No município, não chove há mais de três meses, a seca tem ajudado a aumentar o número de incêndios florestais em toda a região, desde o mês passado.

Ainda conforme o Inmet, a previsão é de chuva intensa a partir de terça-feira em outras regiões da Bahia atingidas pela seca: norte e sudoeste. Em Vitória da Conquista, onde praticamente ainda não choveu neste mês, nesta segunda a probabilidade é de 60%, percentual que deve aumentar nas próximas horas.

No município, cerca de 16 mil famílias que vivem em 11 distritos estão sem água e contam com ajuda de carros-pipa. A escassez afeta 120 comunidades rurais desde 2015 e a prefeitura decretou situação de emergência. A situação é tão grave que em alguns locais falta água potável.

Por causa da estiagem prolongada, Vitória da Conquista também tem registrado queimadas e a umidade relativa do ar tem ficado abaixo do esperado para a época, que costuma registrar média entre 70% e 80%. Nesta segunda, o Inmet aponta que o índice está em 40% – contudo, nos últimos dias, há registros abaixo de 30%. 

Fonte: G1

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© OBRIGADO PELA SUA VISITA!! VOLTE SEMPRE!!
Designer: Silvoney Santos