Entretenimento

Entretenimento

João Roma diz que é contra o PT, mas condiciona apoio de ACM Neto a Bolsonaro para aliança no 2º turno na Bahia

Candidato do PL fez anúncio pelas redes sociais ao lado da candidata derrotada ao senado Raíssa Soares.

terça-feira

/ by Iaçu Noticias

João Roma diz que é contra o PT, mas condiciona apoio de ACM Neto a Bolsonaro para aliança no 2º turno na Bahia — Foto: Reprodução/Redes Sociais

 Candidato ao governo da Bahia derrotado no primeiro das eleições, João Roma (PL) anunciou nesta terça-feira (4) sua posição no segundo turno das eleições na Bahia. Ele disse que é contra o PT, mas condicionou apoio de ACM Neto a Bolsonaro (PL) para retribuir a parceria no estado.

“Somos contra o PT na Bahia e no Brasil. Essa mãozinha não clica no 13, mas que fique claro que para conquistar o apoio precisa se manifestar”, disse João Roma.

Thank you for watching

Roma contou que não houve contato com ACM Neto e também cobrou posicionamentos sobre pautas como “defesa da família” e “legalização do aborto”.

“Estarei contra o PT e se o nome disso é apoiar ACM Neto? Assim seja, agora para ele [ACM Neto] conquistar o voto dos bolsonaristas, ele precisa mostrar a sua diferença para as pautas do PT, ele precisa conversar com cada um de nossos apoiadores, defender a pauta da família, falar sua posição sobre o aborto, se ele pretende diminuir os impostos na Bahia, pois nós estamos sufocados e essa equação tem deixado a Bahia para trás”, afirmou.

“Isso precisa ser colocado porque da maneira que ele [ACM Neto] vai, ele tenta agradar a todos e isso tem feito ele derreter durante esse processo eleitoral. Então é muito importante que haja isso”.

O anúncio foi feito em uma live nas redes sociais, ao lado da candidata derrotada ao senado Raíssa Soares, também do PL.

“Não depende da gente. Depende do candidato. O apelo que vocês [público da live] estão fazendo para nós [aliança com ACM Neto] tem que feito ao candidato”, afirmou Raíssa Soares.

O segundo turno na Bahia não ocorria há 28 anos e será disputado por Jerônimo Rodrigues, do PT, que teve 49,45% que representam 4.019.830 votos, contra ACM Neto, do União Brasil, que teve 3.316.711 votos (40,80%).

Apoiador de primeira hora e ex-ministro do presidente Jair Bolsonaro, João Roma ficou em terceiro lugar com 738.311 votos (9%).

Roma agradeceu os votos recebidos e prometeu trabalhar no estado pelo presidente Jair Bolsonaro.

Ainda nesta terça-feira, Kleber Rosa, candidato que também foi derrotado no primeiro turno, anunciou apoio a Jerônimo Rodrigues, do PT. No último domingo, o petista venceu em 351 dos 417 municípios baianos (84,17%). 

Fonte: G1

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© OBRIGADO PELA SUA VISITA!! VOLTE SEMPRE!!
Designer: Silvoney Santos