Entretenimento

Entretenimento

Otto Alencar defende estadualização da gestão do hospital de Itaberaba

Segundo senador, nenhum governo investiu tanto na região; 'conheço a Chapada Diamantina com a palma da minha mão'.

Foto: assessoria/Otto Alencar


 O senador e candidato à reeleição Otto Alencar (PSD) defendeu no sábado (16) a estadualização da gestão do Hospital Regional de Itaberaba (HRI). “Eu conheço a Chapada Diamantina como a palma da minha mão e posso garantir que nenhum governo fez tanto investimento por essa região quanto o de Rui Costa, em todos os setores”, disse Otto, que é natural da cidade de Ruy Barbosa.

As declarações do candidato à reeleição foram feitas durante a 21ª edição do Programa de Governo Participativo (PGP) do Território do Piemonte do Paraguaçu/Chapada Diamantina, liderada pelo pré-candidato ao governo estadual Jerônimo Rodrigues (PT), e o pré-candidato a vice-governador Geraldo Júnior (MDB).

Presidente da Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE), Otto Alencar destacou que o Estado aplicou R$ 33 milhões na reforma e ampliação do HRI. Fechada há 15 anos, a unidade ganhou, dentre outros investimentos, 10 leitos de UTI. “O governador quer botar o hospital para funcionar, para dar saúde de qualidade para as pessoas da região, mas o prefeito não entrega por birra, por capricho”, acusou.

A questão da unidade de saúde na cidade de Chapada é uma das polêmicas que marcam a atual pré-campanha. No dia 9, o pré-candidato a governador da oposição, o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil) disse que colocará o hospital para funcionar caso seja eleito. Pré-candidato a senador pelo mesmo grupo, o deputado Cacá Leão (PP) afirmou que ‘tem gente colocando política à frente da vida das pessoas‘. Já o governador Rui Costa, no PGP, garantiu acionar a Justiça para garantir a retomada do serviço ainda na atual gestão.

Lula

Também no sábado em Itaberaba, Otto  defendeu a vitória “casada” de todo o Time de Lula – ele, o ex-presidente e o pré-candidato a governador. Para Otto, o Estado só tem a ganhar com isso. Ele defendeu que, além de tirar milhões de pessoas do Mapa da Fome, foi o ex-presidente e pré-candidato a um novo mandato quem mais investiu na educação da Bahia: “Lula criou aqui cinco universidades federais, onde só existia uma, e vários institutos tecnológicos, inclusive um aqui em Itaberaba, para o qual consegui destinar emenda para sua conclusão”.

Otto Alencar apontou, também, a criação por Lula de programas como o Farmácia Popular, “desativado pelo governo (do presidente, Jair) Bolsonaro” e o Samu. “Não sei de nenhuma obra, nenhum projeto de grande porte que esse grupo que apoia a gestão federal atual tenha trazido”, comparou.

Também participaram do PGP em Itaberaba o senador Jaques Wagner (PT-BA), deputados federais e estaduais, prefeitos, vice-prefeitos e vereadores da região, entre outras autoridades.

Fonte: Bahia.Ba

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© OBRIGADO PELA SUA VISITA!! VOLTE SEMPRE!!
Designer: Silvoney Santos