Entretenimento

Entretenimento

Homem é preso por maus tratos e cárcere privado em Iaçu; Esposa e filha ficavam trancadas em casa

Na ocasião, percebeu-se, também, que o autor residia no mesmo terreno, mas em uma “casinha” ao fundo do imóvel, fora da casa.

terça-feira

/ by Iaçu Noticias

 

Foto: DT de Iaçu

Policiais Civis da Delegacia de Polícia de Iaçu, com apoio da Polícia Militar, deram cumprimento, na manhã do dia de hoje, a dois mandados de busca e apreensão na cidade de Iaçu, com intuito de instruir investigação policial em andamento que apura maus tratos e cárcere privado.

Após a entrada no imóvel residencial do suspeito, foi constatado pelos policiais que ele mantinha em suposto cárcere privado a esposa e a filha. 

Na ocasião, percebeu-se, também, que o autor residia no mesmo terreno, mas em uma “casinha” ao fundo do imóvel, fora da casa, e que ele mantinha consigo a chave do cadeado da residência, trancando esposa e filha por fora.

Além disso, verificou-se que o local era extremamente inadequado para a convivência em família, sobretudo para a manutenção de uma filha que aparenta possuir algum tipo de doença mental. 

Foto: DT de Iaçu


A casa não possuía móveis, nem TV, nem rádio, nem computador, nem mesas, nem cadeiras, apenas uma cama de solteiro e um sofá onde a filha doente foi encontrada enrolada em um lençol.

A esposa do autuado estava em visível estado de depressão, sem responder direito as perguntas que lhes eram feitas e sem explicar o porquê o casal não levava a filha ao médico há mais de três anos. 

Foto: DT de Iaçu


A autoridade policial, verificando o estado de maus tratos e o cárcere privado que ali existia, já que vizinhos informaram que a esposa e a filha do autor não saíam de dentro de casa, acionou equipe do CREAS e do CAPS que de imediato se fizeram presentes e deram início a um estudo de caso.

As vítimas foram encaminhadas ao hospital para tratamento médico e apoio psicossocial.

Foto: DT de Iaçu


Já o autuado foi encaminhado ao Hospital Municipal para exame de lesões corporais e conduzido à Delegacia de Polícia para lavratura do procedimento.

Foram ouvidas cerca de dez pessoas.

O outro local indicado para cumprimento da busca e apreensão foi o comercio do autuado e no local foi encontrado um “rifle”, no entanto a arma de fogo estava em situação que não apresentava condições de funcionamento.

Foi lavrado um auto de prisão em flagrante pelo crime de maus tratos e cárcere privado e o autuado permanece preso à disposição da justiça.

Fonte: DT de Iaçu

( Hide )

Don't Miss
© OBRIGADO PELA SUA VISITA!! VOLTE SEMPRE!!
Designer: Silvoney Santos