Entretenimento

Entretenimento

APLB e prefeitura de SAJ não chegam a um acordo sobre o valor do piso para os professores: “o município fez uma proposta de 10.6%, a categoria negou”

O aumento do piso dos professores da rede municipal de ensino foi tema de muita discussão entre a APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação.

segunda-feira

/ by Iaçu Noticias

 

Foto: Reprodução/ Tribuna do Recôncavo

O aumento do piso dos professores da rede municipal de ensino foi tema de muita discussão entre a APLB (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado da Bahia) e a prefeitura de Santo Antônio de Jesus, na assembleia que aconteceu nessa quinta-feira (17), acabou sem acordo entre às duas partes.

A professora Jucilane Barreto esteve presente em entrevista ao Voz da Bahia, e contou que o piso nacional encontra-se no percentual de 33.34%, mas que a prefeitura informou a categoria que não teria condições de pagar esse valor, “eles nos fizeram uma proposta de 10.6% e alegaram que não poderia pagar os 33.34%, pois, a folha do Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) estaria ultrapassando totalmente esse valor”, explica.

Thank you for watching

Jucilane ainda diz que a proposta da prefeitura foi apresentada a categoria, porém, a mesma negou a receber apenas os 10.6% ofertados, “só vamos aceitar o que é justo, que é o valor designado pelo governo”, disse.

A professora completa sua fala informando que a lei do piso é uma lei de 2008 e desse ano pra cá nenhuma gestão atuante na cidade deixou de cumpri-la, “Santo Antônio de Jesus era exemplo nesse ponto de sempre passar o valor do piso nacional para nós”.

A representante da APLB informa que já enviou o ofício para a prefeitura e aguarda uma resposta até terça-feira (22), pois, na quarta-feira (23/03) haverá uma nova assembleia.

Reportagem: Voz da Bahia

Nenhum comentário

Postar um comentário

Don't Miss
© OBRIGADO PELA SUA VISITA!! VOLTE SEMPRE!!
Designer: Silvoney Santos